Quem sou eu

Minha foto
Porto Velho, Rondônia, Brazil
Aí, cabe a cada um dizer. Se gostam, tô com eles. Se não gostam, tudo bem. É direito de cada um. Só não perco meu sono...

Você já apareceu por aqui?

Questão de Estruturas Lógicas

Olá, meu povo!

Voltamos com mais uma questão. Agora, falaremos de Estruturas Lógicas. Vamos montar um passo-a-passo para facilitar a vida de vocês. Olhem a questão:

Se Maria vai ao cinema, Pedro ou Paulo vão ao cinema. Se Paulo vai ao cinema, Teresa e Joana vão ao cinema. Se Pedro vai ao cinema, Teresa e Ana vão cinema. Se Teresa não foi ao cinema, pode-se afirmar que:
a) Ana não foi ao cinema
b) Joana não foi ao cinema
c) Pedro não foi ao cinema
d) Paulo não foi ao cinema
e) Maria não foi ao cinema


Olha só, primeiro, vamos arrumar nossa questão. Ela vai ficar um pouco mais comprida, mais vai ficar melhor de entender. É assim:

Se Maria vai ao cinema, Pedro vai ao cinema ou Paulo vai ao cinema. Se Paulo vai ao cinema, Teresa vai ao cinema e Joana vai ao cinema. Se Pedro vai ao cinema, Teresa vai ao cinema e Ana vai ao cinema.

Agora, vamos separar as proposições:
M = Maria vai ao cinema
Pe = Pedro vai ao cinema
Pa = Paulo vai ao cinema
T = Teresa vai ao cinema
J = Joana vai ao cinema
A = Ana vai ao cinema.

Vamos traduzir a nossa questão, baseado na legenda acima:
P1: M -> (Pe v Pa) V
P2: Pa -> (T ^ J) V
P3: Pe -> (T ^ A) V
P4: ~T V

Aqui vai a dica: sempre começamos pela premissa que tem uma proposição simples, no caso a P4.

Se ~T = V, então T = F. Daí, na P3, (T ^ A) será F, pois, em uma proposição composta com conectivo E, se uma proposição simples for F, a proposição toda será F. O meemo raciocínio vale para P2. Então:
P2: Pa -> F
P3: Pe -> F

Em uma condicional, se a 2ª parte da proposição for F, a 1ª, OBRIGATORIAMENTE será F (consultem a tabela-verdade, ok?). Daí, Pa = F e Pe = F. Logo, P1, ficará:
P1: M -> (F v F) = M -> F

Seguindo o mesmo raciocínio, M = F.

Resumindo:
M = Maria vai ao cinema = F
Pe = Pedro vai ao cinema = F
Pa = Paulo vai ao cinema = F
T = Teresa vai ao cinema = F
J = Joana vai ao cinema = pode ser tanto F quanto V
A = Ana vai ao cinema = pode ser tanto F quanto V

Daí, temos três gabaritos (C, D e E). Não sei se a questão foi anulada, mas, de qualquer maneira, acho que valeu a explicação.

Beijo no papai e na mamãe,

PH

PS: Se alguém souber se a questão foi anulada, postem no comentário, ok?

12 comentários:

Mirza Rachel disse...

PH !!!
Como é bom participar do seu blog. Eu o conheço das vídeo-aulas e aprendi muito com você!!!
Gostaria de sugerir um tema para ser você: princípio do pombal.
Obrigada pela generosidade de nos ensinar. Só Deus para retribui tanta bondade.

um abraço e muita paz pra você.
Fica bem

PH disse...

Olá, Mirza!

Obrigado pelo elogio.

Pode deixar que postarei em breve uma questão sobre este Princípio.

Beijo no papai e na mamãe...

Ivaldo Lúcio disse...

Prof.Paulo Henrique,

Acredito q essa questão tenha sido anulada, pois 3 gabaritos possíveis é totamente sem LÓGICA,o q vai em confronto com o RL.rsrsrsrs

isabella disse...

É a 1ª vez que acesso seu blog, e gostei muito de sua explicação.
Sua aula é ótima. Gostaria de saber como adquirir suas video aulas.
Claudia Diaz

Anônimo disse...

Prof.,

Pelo conectivo OU entre Pedro e Paulo, que por sua vez depende exclusivamente da ida de Maria ao cinema,não se pode afirmar que não foi um ou outro. O mesmo se aplica a Ana e Joana. Mas todos dependem da ida de Maria. Visto que Teresa não foi, o que se pode afirmar de concreto é que Maria também não. Logo, alternativa (E) - cqd.


Saudações,
Lúcio

cb2011 disse...

Poderia resolver esta?

Se Carina é amiga de Carol, então Carmem é cunhada de Carol. Carmem não é cunhada de Carol. Se Carina não é cunhada de Carol, então Carina é amiga de Carol. Logo,
a) Carina é cunhada de Carmem e é amiga de Carol.
b) Carina não é amiga de Carol ou não é cunhada de Carmem.
c) Carina é amiga de Carol ou não é cunhada de Carol.
d) Carina é amiga de Carmem e é amiga de Carol.
e) Carina é amiga de Carol e não é cunhada de Carmem

Anônimo disse...

Como disse o Lúcio, a alternativa correta é a e. Justificativa (completa): se Teresa não foi, nem Pedro, nem Paulo foram. Portanto, Maria não foi. Sobre Ana e Joana nada pode-se afirmar.
Dica: resolva de trás para frente em relação ao texto, geralmente esse é o caminho!

Anônimo disse...

Errata: no comentário acima, onde está "nem Pedro, nem Paulo" leia Pedro ou Paulo não foram. Portanto, sobre estes dois, também nada pode-se afirmar.

Anônimo disse...

Sobre a questão de cb2011, temos:
- Carmem não é cunhada de Carol (premissa que não apareceu no final para confundir), então Carina não é amiga de Carol;
- Carina não é amiga de Carol, então, Carina é cunhada de Carol.
Por eliminação, a alternativa correta é B.
Observação: é indiferente se Carina é cunhada ou não de Carmem devido ao conectivo OU.

PH disse...

Olá, Anônimo(s)!

Olha só, a questão foi realmente anulada por ter mais de uma resposta correta.

Porém, no seu comentário, você colocou que 'sobre estes dois, também nada pode-se afirmar', essa informação não procede!

Veja, como T = F, isso obriga a 2ª parte da condicional P2 e a P3 serem F também. consequentemente, a 1ª parte (Pa e Pe) devem ser F.

Conseguiu visualizar?

Beijo no papai e na mamãe...

Jamerson Izaque Widller disse...

Valeu amigo, ajudou mesmo. também não sei dizer se a questão foi anulada, mas minha professora de RL falou que realmente é uma questão com mais de uma resposta e passível de ser anulada. Abraços;

Reinaldo disse...

Caraca Ph, você é o cara!!!

Vejo suas aulas no EVP frequentemente. Sua didática é incrível.

Parabéns.

Reinaldo.